quinta-feira, 23 de junho de 2011

Acreditar,acreditar...

Acreditar. Essa palavra sempre fez parte do meu vocabulário, mas ultimamente ela vem sendo usada com mais frequência. Acontece que sempre me disseram que eu era o tipo de pessoa que acredita demais, nas pessoas e nas suas intenções,e acabo não focando tanto em mim mesma quanto deveria. Cheia de bondade chega a ser infantil, e a ingenuidade nesse ponto sempre foi meu forte. Outra característica que eu não queria ter é pensar demais,idealizar situações e imaginar declarações inesperadas,palavras foras de hora e aquele velho sorriso esperado com um ar de sinceridade,como nos filmes.Sim,isso é infantil da minha parte,mas tenho meus conhecimentos e bom senso.

 Crer em destino e astrologia também é uma marca minha,e outra é compartilhar com os outros tudo que sinto,por meio de palavras escritas,porque quando é pra falar do meu sentimentalismo mais patético pelo qual sou movida, permaneço em silencio. Mas vou tentar ser mais forte e tolerante.Saber esperar por aquela "sorte", e tentar ser mais realista. Vou correr atrás dos meus objetivos sem ter medo do que me espera ,e nessa de acreditar,vai ser somente no possível. – Fugindo um pouco das minhas fantasias.

16 comentários:

Alex Monteiro disse...

Ah *_*
O Blog ta lindo hem?
Parabéns
http://cantinhocomtudo.blogspot.com/

Karla Hack dos Santos disse...

Linda mensagem... muito bem escrito tmb!
Adorei!

;D

' disse...

Nossa , muito bom mesmo.
Parabéns pelo blog.Vou continuar lendo seus textos.

[b]quer ganhar um seguidor?
me segue, que eu te sigo!
http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/

Alline Magalhães disse...

realmente!! acreditar demaiis sempre acaba fazendo agente kebrar a cara, infelizmente essa é a caracteristica de quem é sincera demais e verdadeira demais(eu tmbm sou assim) hauhuh.. estou te seguindo! segue yo?
Bjoo

Priscila Daiana disse...

Adorei teu blog, seguindo!

Segue de volta?
http://maanuscritoo.blogspot.com/


Sucesso

Dalyla Carvalho disse...

Não acho que idealizar demais certas coisas seja algo infantil da sua parte! De que valeria a vida se não fosse nossa imaginação? Toda ação parte do pensamento :D
Adoreeeei esse post, deu vontade de ler todo o resto do blog :)
Tô seguindo (: http://refugiopcional.blogspot.com/

Nilda Lima disse...

Olá, amei o blog !!! E estou te seguindo, me segue?
http://liguereforma.blogspot.com/

Ana e Dane disse...

ADOREI *-*

graciélelongo. disse...

amei aqui, seguindo. poderia seguir o meu ? http://diaryofagirl97.blogspot.com/

Jéssica disse...

Olá !
Estou aqui para divulgar meu blog:
http://xxx-memories-xxx.blogspot.com/
Se gostar de lá pode seguir, ok ?
Serás bem vinda(o) lá.

Beeijos. (:

FiL ' disse...

Gostei (;
Sou a Filipa, e estou a seguir o teu blog :b espero que não te importes !
tenho um desafio pra ti http://pipaaw.blogspot.com/ beijo

Thay disse...

Nossa, me identifiquei muito com esse texto. As vezes me sinto e ajo completamente assim.
;**

Natalia Smirnova disse...

Ola, gostei do que escreveu, muito interessante. Você tem uma maneira de escrever muito própria, parabéns.
Bom, te convido para o POET (Pages Of Erased Text) para acompanhar o novo romance online “Illegitimate”. Totalmente gratuito e fresquinho, saindo do forno. Em breve, também estarei lançando o book-trailer de “Illegitimate”. E não perca o sneak-peek do próximo capítulo. Te vejo por lá. http://pagesoferasedtext.blogspot.com/

Clarinha disse...

Acreditar e nunca desistir.

Bjs
http://maviealeatoire.blogspot.com/

Vih disse...

Lindo *-*

francys G. disse...

nossa depois na morte da amy a mensagem me deixo meio q emocionado